domingo, 12 de novembro de 2017

Vida virtual, ou vida real? CONECTE-SE!

Cada vez mais quero estar comprometida com a verdade, a ausência de máscaras com o filtro do respeito e escolhas conscientes do que passo aqui para você.
Esse é um ambiente VIRTUAL, ou seja, posso compartilhar o que eu ESCOLHER aqui.
Uma postagem bonita, nem sempre significa que estou vivendo aquilo, se assim eu escolher. 
Uma foto nem sempre corresponde ao que sou de verdade, posso ter usado Photoshop, filtros, maquiagem e poses para passar o que quero que você enxergue em mim.
Venho desenvolvendo-me como ser humano e profissional de crescimento pessoal e uma das coisas que menos quero contribuir é com um mundo VIRTUAL fake, mas com um mundo REAL, onde pessoas se conectam com pessoas, onde seres humanos reais com vulnerabilidades, defeitos, problemas, mas também luz, amor e vontade de fazer melhor se comunicam e se sentem, por isso, CONECTADOS.
Quando escolhe postar uma foto, um texto, uma postagem que não está em sintonia com sua essência ou momento, escolhe se desconectar, alimenta o Ego e não a vontade inata por trás desse mundo virtual que todos amamos: estarmos mais próximos.
Ontem, postei na minha página e Instagram um vídeo sobre minha experiência editando meu livro, Profunda Performance, que logo estará disponível. https://www.facebook.com/mariadosolcoach/
Quero que saibam que, sim, eu estava SUPER FELIZ E EMPOLGADA, EM FLOW, COM IDEIAS VINDO LINDAMENTE, mas também que estou com a perna machucada e questões familiares precisando serem resolvidas. Além disso, não pude ir à festa de aniversário de minha cunhada (meu marido e algumas filhas foram), nem passear com minha filhinha, nem recebi visitas ou telefonemas de ninguém. E isso também é realidade.
O que senti com isso?
Como todos, inicialmente, um misto de emoções. Pitadas de de rejeição, não amor, solidão, frustração... que, com o filtro da consciência e das afirmações positivas, do fazer melhor com o que se tem, vai se ajustando.
Com os treinamentos e foco mental que já tenho - emotional fitness e flow - com certeza não fico ali muito tempo.
A afirmação que me trouxe mais conforto ontem, e quero partilhar com você, foi:
EU SOU AMADA.
Por vezes buscamos ou esperamos amor de fora, mas o amor já está presente, JÁ SOMOS SUFICIENTES, já somos completos, apenas precisamos nos lembrar.
E, quando nos lembramos, permitimos que o antídoto para os sentimentos dissonantes que possam surgir, cure e sigamos fazendo o melhor com o que temos.
A edição do livro segue linda. Acordei bem cedinho, aproveitando os momentos entre as atividades de uma mãe no domingo, para editá-lo e compartilhar com você hoje.
Tenha um lindo domingo! Se alinhe e viva o HOJE, que é o que realmente temos. Escolha sempre melhor!
E saiba, VOCÊ É AMADO!
VOCÊ É AMADA!
Ah, tenho criado coisas maravilhosas que só partilho com minha lista de pessoas especiais inscritas, se quiser fazer parte, se inscreva: https://www.mariadosol.com/inscreva-se
Nenhum texto alternativo automático disponível.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Sobre o amor pela escrita...

Quando era bem pequena, desenhava muito.

Costumava subir na mesa de jacarandá da Bahia da minha avó, que ficava perto de um relógio de corda fazendo tic...tac...tic...tac e ali eu me deliciava entre papéis, lápis, e cores e cores de canetinhas. Eu podia ficar horas ali...

Minha mãe um dia me perguntou, ao ver meu lindo desenho:

"O que vai querer ser quando crescer? Pintora?"

Eu então respondi: "Não, pintora não."

Minha mãe, confusa, perguntou porque?

Eu então disse: "Porque pintor sofre demais."

Eu devia ter uns 5 anos e essa foi minha tradução na época, talvez pelas histórias de Van Gogh que ouvi ou porque já sabia que, embora eu AME pintar, minha arte é a escrita e, como sabem, a fala.

Existe uma angústia muito forte na arte, algo que tem que ser superado em horas e horas de conexão com as palavras ou cores, um tocar no divino. Algo tem que nascer através de você e passa por um processo de dor e entusiasmo ao mesmo tempo.

Tem que acontecer!

Hoje, ao terminar mais um E-book, que será expandido para um livro impresso em breve (aguardemmm) senti esta alegria de novo.

Sinto vontade de sair, pegar um copo de vinho, ir para um lugar especial e curtir a glória do momento. O corpo doído, os olhos meio que arranhando, as mãos precisando de alongamento.

Me superei de novo e consegui trazer ao mundo algo que só eu podia trazer. Plenitude!

Maria do Sol

Resultado de imagem para angústia de escrever

Clique AQUI para inscrever-se na minha lista para RECEBER o E-book "Profunda Performance" fresquinho, assim que sair!

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

DE ONDE VEM A PROFUNDA PERFORMANCE?

Sabe AQUELE momento no qual você se dá conta de que tudo o que está fazendo FAZ TODO O SENTIDO?
Ontem tive um MEGA insight que quero partilhar com vocês:
Lá pelos 19 anos, estudando para o vestibular, uma boa parte de mim queria muito ser bem-sucedida, viajar o mundo, ter muito dinheiro, ser famosa e líder. ALTA PERFORMANCE SIM!
Porém, sem saber onde isso iria me levar. Como podemos saber o que o que estamos escolhendo AGORA vai nos trazer?
A vida sempre me trouxe a necessidade de ser uma pessoa em contato constante com meu Eu Superior e, de tempos em tempos, tenho sonhos lúcidos.
Uma noite dessas loucas estudando para o vestibular, adormeci e sonhei... um sonho EXTREMAMENTE LÚCIDO. Eu literalmente acordei dentro de um sonho. Já teve isso???
Me senti dentro de uma experiência e me reconheci. Era eu mais velha, com roupas chiquérrimas e super alinhadas, entrando em um apartamento. Eu me lembro até hoje detalhes de textura, cor, sons, luminosidade e cheiros. Abri a porta e deitei a bolsa e as chaves em um aparador do lado direito da entrada. Os sons ecoavam a solidão que minha alma sentia. Ninguém, aparentemente sempre assim há anos... Aquela mulher/eu, estava tomada por uma solidão dolorosíssima.
Tirou os saltos, caminhou até a cozinha e pegou uma garrafa de champanhe com uma taça de cristal, linda.
No silêncio do apartamento impecável, chegou ao banheiro, tirou a roupa e subiu na banheira chiquérrima de mármore com todos os apetrechos delícia e velas. As paredes de vidro davam para uma cidade visivelmente no exterior. Não era no Brasil. Ela/eu se deitava na banheira com espumas e chorava copiosamente. Um vazio, uma solidão, uma falta de sentido... Acordei. Chorando. Chorei a dor que não me deixou por dias. Era como se Deus me desse a oportunidade abençoada de experimentar o destino que eu estava escolhendo e me desse uma amostra-grátis extremamente real!!!
Naquele dia decidi que não iria permitir que isso acontecesse comigo. E me aproximei mais de minha sensibilidade, espiritualidade e simplicidade.
Pouco tempo depois encontrei meu marido George, nos apaixonamos, uma pessoa muito mais alinhada com esta minha nova decisão. Moramos 7 anos em uma fazenda no interior de Goiás sem luz elétrica, andando de charrete, plantando alimentos, tendo filhas em casa, pintando quadros, ensinando homeschooling para as filhas, nos autoconhecendo, meditando e recebendo pessoas para conhecer nosso projeto sustentável. FOI LINDO!

A vida pediu mudança e a paixão por auxiliar pessoas veio fortemente! UM CHAMADO AO QUAL NÃO PODIA DEIXAR DE ATENDER.

E a PROFUNDA PERFORMANCE, o caminho que percorri porque EM ALGUM MOMENTO MINHA ESCOLHA, MINHA DECISÃO, alteraram o destino para onde estava indo, veio fortemente para que eu pudesse auxiliar VOCÊ a ter parâmetros melhores para uma vida VERDADEIRAMENTE FELIZ E REALIZADA.
O caminho que você está tomando agora pode estar te levando na direção que pode te distanciar de sua alma, de amar, de ter filhos felizes, de ter tempo de qualidade, de trabalhar com energia, de ter saúde mental, emocional e espiritual.

Minha "experiência de dor" na ALTA PERFORMANCE me trouxe a PROFUNDA PERFORMANCE para partilhar contigo a possibilidade de, sim, se desenvolver e colaborar com produtividade E felicidade! Vamos? Resultado de imagem para SUPER HAPPY


Eu quero colaborar contigo, partilhar artigos e vídeos que possam te ajudar a se manter alinhado(a), te convidar para eventos e grupos. Se inscreva na minha lista para nos mantermos mais próximos:

segunda-feira, 17 de julho de 2017

STRESS E MEDO:

Ontem assistindo a uma live do Tony Robbins ele falou o seguinte: stress é como os realizadores chamam o medo. 
E fiquei pensando... como assim? Eu sou uma realizadora e o stress, a sensação de sobrecarga, são desafios reais que tem se tornado cada vez mais distantes!

E cheguei à conclusão de que, realmente. Porque quando estamos agindo por amor, na direção de resultados que planejamos e entendemos que, apesar dos percalços, vamos atingir, não há necessidade de stress ou de entrar em desequilíbrio para alcançar.
Claro q stress também tem muito de crenças que associamos ao que acontece de inesperado ou diferente do que planejamos, mas quem tem certeza de onde quer chegar surfa as ondas da dificuldade com entusiasmo de estar mais perto de onde foi inspirado a realizar!
Para entender melhor, o stress é uma tensão diante de algo que é liberado pelo nosso sentimento diante de algo que nos acontece. Se estiver consciente, pode mudar seu estado, a maneira como está sentindo, mudando estratégias caso necessário, ou seja, planejando melhor, mudando o que precisa ser mudado, ajustando o leme e sentindo menos medo.


E a tensão vem do MEDO de não alcançar o que planejou com aquela escolha: de trabalho, da casa arrumada, de dinheiro na conta..., enfim, um resultado que idealizou.
Porém, quando aprendemos como funcionamos - nossas emoções, padrões e regras internas - trabalhamos nosso foco, respiramos dentro da tempestade, planejamos melhor, melhoramos nas habilidades que nos faltam, buscamos pelo FLOW e nos tornamos MESTRES DE NOSSO DESTINO, mesmo diante de grandes adversidades, acessando nosso PODER MAIOR!
O meu treinamento FLOW tem a intenção de te ensinar a alcançar e manter este estado de alívio, entusiasmo, capacidade e alegria, direcionando o leme de suas emoções sempre!


O valor é muito menor do que um processo de coaching comigo, com ele você vai ter acesso a uma série de bônus, áudios, página exclusiva no Facebook, mentoria comigo ao vivo, pagamento em até 12x, com 7 dias para ver se é para você e desistir se não gostar.
Venha comigo! E MUDE SUA VIDA!


https://go.hotmart.com/Q6190134I

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Palavra do ano para mim - INTENÇÃO

Todo ano algo fica mais destacado em nossa vida.
Para realizar mais, é preciso ter foco - disso todos sabem.
No entanto, nem sempre conseguimos ter foco quando um monte de coisas parece estar errado. É como arrumar a casa que está bagunçada há muito tempo: paramos, olhamos para aquilo tudo e não sabemos por onde começar. Dá um desânimo, culpa, medo, tristeza, mas, no fim, temos que começar por algum lugar e puxamos uma força positiva lá de dentro e... mãos à obra!

Início de ano tem esta característica propulsora, renovação! O ano de 2017 numerologicamente é interessantíssimo para isso:
2+0+1+1+7=10=1+0=1. ANO 1, ANO DE RECOMEÇO, DE INÍCIO, DE ZERAR!

Todo ano escolho alguns pontos para mudar, ajustar, melhorar pelo menos e, acredite, sempre progrido. Intenção é direcionamento de energia. Intenção sincera tem muito poder! Abre as portas que antes não existiam porque você não se dispunha a olhar.

Eu escolhi INTENÇÃO como minha palavra de destaque para o ano. 2016, com certeza, foi GRATIDÃO. Ela agora faz parte de minha natureza, não é lindo? Consigo agradecer sem fazer esforço consciente. E a vida abre mais coisas para eu agradecer, simples e poderosa lei da atração.

INTENÇÃO SIGNIFICA não fazer por fazer, mas fazer ou escolher com propósito.
A cada gesto, a cada escolha: qual é a minha intenção para isto? Qual a minha intenção para HOJE. Qual a minha intenção com este relacionamento, alimento, trabalho... e ter a coragem de melhorar suas intenções, se conhecer mais profundamente, enxergar seus enganos... e colocar mais amor no que faz.

Com este post, tenho a intenção de que escolha sua palavra de poder para o ano. Que se conecte com o que senti ao escrever, que reconheça que só de estar lendo esta postagem já é sinal de que deseja crescer e progredir e que isso é PODEROSO.

Com amor, Sol